segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Paciente apresenta complicação rara dois anos após colocar banda gástrica



Atualmente, uma das opções para o tratamento cirúrgico da obesidade é a colocação da banda gástrica, um anel que envolve a parte superior do estômago, limitando seu espaço e gerando saciedade precoce. Um artigo que acabou de ser publicado na revista científica "The Lancet" (http://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(11)61517-1/fulltext) apresentou o caso de uma paciente que desenvolveu sérias complicações pulmonares dois anos após a colocação da banda. Depois de uma longa investigação, a equipe médica concluiu que o problema era devido a uma má colocação do dispositivo, ocasionando aspirações recorrentes de comida que geraram cavitações pulmonares (são uma espécie de "buraco" que se formam nos pulmões, normalmente em decorrência de infecções).
Os autores do relato de caso disseram que complicações pulmonares são raras, porém podem acontecer, e muitas vezes podem ser confundidas com asma, já que os sintomas são semelhantes.
Mais uma vez, isso nos prova o quão valioso é o acompanhamento multiprofissional dos pacientes que optam por algum tipo de cirurgia de obesidade.

Um comentário:

  1. Nossa, seu blog é super bacana. Vou te seguir!!
    Abraços!!!

    ResponderExcluir